RCB/TuneIn
Quinta, 24 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CICLISTAS PASSAM PELA REGIÃO
Rádio Cova da Beira
Pela primeira vez a volta a bicicleta de Castilla e Leon vai passar por terras Portuguesas. No próximo dia 18 de Abril a trigésima edição desta prova vai partir da cidade da Guarda, com passagem pelos concelhos do Sabugal, Seia, Celorico da Beira, Manteigas e Belmonte, inclui uma subida ao alto da torre, com a chegada marcada para Fuentes de Oñoro, logo a seguir à fronteira de Vilar Formoso.
Por Nuno Miguel em 25 de Mar de 2015
Uma iniciativa que vem coroar um esforço de cooperação que a Beira Interior Norte e a região de Salamanca tem vindo a corporizar ao longo da última década, como refere José Manuel Biscaia, presidente da associação de municípios da Cova da Beira “quer a Beira Interior quer Salamanca tem alguma dificuldade relativamente ao poder central pelo seu afastamento e por isso importa que os chamados territórios de fronteira, pelas suas dificuldades e problemas comuns, se juntem com o objectivo de valorizar, inovar e potenciar o território”.
José Luíz Serron, presidente da federação espanhola da modalidade, sublinha que “está a primeira vez que a volta sai da nossa comunidade e chega a território Português; o ciclismo é uma modalidade que não tem fronteiras e é o único desporto que une geografias, cidades, e é uma verdadeira festa de todos não se confinando a um pavilhão ou a outro recinto desportivo”.  
António Dias Rocha, presidente da câmara de Belmonte, acredita que o concelho vai receber de braços abertos a passagem desta etapa, que será incluída nas festas do concelho “há grandes ciclistas que vão estar entre nós e praticamente nessa altura começam as festas do feriado municipal; no dia seguinte à passagem desta etapa vamos ter uma outra prova desportiva no concelho que brevemente vai ser apresentada e por isso acho que Belmonte vai aproveitar para ver duas grandes provas que vamos ter no nosso concelho”. 
Delmino Pereira, presidente da federação Portuguesa de ciclismo, sublinha o esforço que tem sido feito no sentido de promover a modalidade nos dois países. Um caminho que vai continuar a ser percorrido “já tivemos um conjunto de provas no nosso território como a volta ao Algarve a agora a volta ao Alentejo; todo o nosso calendário está alinhado com o calendário espanhol e por isso estamos a estabelecer um caminho de cooperação que será vantajoso para os nossos ciclistas e para as nossas equipas e esta corrida é um dos primeiros grandes sinais desta cooperação que estamos a estabelecer com o ciclismo espanhol”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados