RCB/TuneIn
Domingo, 09 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CONCERTO COM CASA CHEIA
Rádio Cova da Beira
A apresentação da orquestra de sopros da banda da Covilhã foi o ponto alto da nona edição do concerto de primavera que a instituição promoveu este fim de semana. Um projecto que resulta de um trabalho de vários anos e que reúne cerca de meia centena de músicos e que pretende dar visibilidade ao trabalho de jovens instrumentistas e compositores nacionais e internacionais.
Por Nuno Miguel em 17 de Mar de 2015

Depois da apresentação pública do projecto, está já prevista a realização de mais dois concertos e José Eduardo Cavaco refere que “este projecto é muito importante para nós uma vez que ele representa o culminar de um trabalho ao nível da formação mas ao qual vamos dar continuidade nos próximos anos; já temos mais dois concertos agendados, um que vai decorrer no dia 26 de Abril em Sobral de São Miguel e o outro vai decorrer na sé de Castelo Branco onde vamos apresentar o mesmo programa uma vez que hoje também aqui tivemos um coro daquela cidade, que foi recentemente criado, e que se juntou a nós nesta festa da música”.

Muitas centenas de pessoas lotaram por completo o espaço da igreja da santíssima trindade, onde decorreu o concerto. Uma situação que causou alguma surpresa ao presidente da banda da Covilhã “fiquei surpreendido no início porque não sabia como as coisas iam correr mas só posso estar satisfeito porque tivemos mesmo muito público o que significa que o trabalho que foi feito ao longo dos últimos anos começa a dar alguns frutos e isso é importante”.

Nesta edição do concerto de primavera, José Eduardo Cavaco mostrou-se ainda convicto que dentro de dois meses já vai ser possível inaugurar as obras de requalificação da sua sede social “será também um dia de festa e de alegria e todos nós estamos a trabalhar arduamente para que as novas instalações estejam à disposição de toda a cidade e de toda a região para fazer mais música e cultura e dinamizar o centro histórico da Covilhã; vamos ter nele uma galeria de exposições, o pavilhão da música, um café concerto com biblioteca, uma esplanada e todas essas valências vão contribuir para dinamizar e incentivar todos os agentes culturais a prosseguirem o seu trabalho”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados