RCB/TuneIn
Sexta, 17 Ago 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
COVILHÃ CANDIDATA-SE A CIDADE DO ILUMINISMO
Rádio Cova da Beira
O munic√≠pio covilhanense vai candidatar a cidade da Covilh√£ √† Associa√ß√£o Internacional de Cidades e Entidades do Iluminismo (AICEI), uma estrutura que se destina √† promo√ß√£o conjunta da import√Ęncia econ√≥mica e cultural das urbes que tiveram a sua funda√ß√£o no per√≠odo iluminista. A candidatura foi aprovada na √ļltima reuni√£o p√ļblica do executivo covilhanense
Por Paulo Pinheiro em 23 de Feb de 2015

A ideia de fazer parte da Rota do Iluminismo surgiu pelo facto de a Covilhã ter um legado patrimonial datado do século XVIII, rico em história e memória, que retrata a biografia da formação e da economia do concelho, além de explicar as relações com os mercados externos dessa época e que serviram para colocar o concelho num patamar elevado em termos de relações económico-financeiras, nacionais e internacionais, que se mantém até hoje.

Grande parte deste legado deve-se a Marquês de Pombal que teve um papel importante no desenvolvimento da cidade da Covilhã, essencialmente ao nível da retoma da política manufactureira, por exemplo com a criação da Real Fábrica de Panos em 1764.

 

Actualmente, a AICEI conta com 14 membros dos quais fazem parte cidades e entidades como Barcelona, Real Sítio de San Ildefonso (Segóvia), Almacelles, Ferrol, Valência, Es Castell em Menorca, Cádiz, Universidade de Cádiz, Madrid, Cartagena, Vila Real de Santo António e a cidade de Guatemala, onde funciona a sub-sede da AICEI para o continente ibero-americano.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados