RCB/TuneIn
Sábado, 06 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PROVID?NCIA CAUTELAR IMPROCEDENTE
O tribunal da Covilh? rejeitou a provid?ncia cautelar, interposta por Jos? Ant?nio Pinho, sobre as decis?es da ?ltima assembleia geral da federa??o de desportos de inverno de Portugal.
Por César Duarte Ferreira em 18 de May de 2009
Na última assembleia geral do organismo, foram distituídas a direcção e também o presidente da FPDI, José António Pinho. Para travar estas decisões, foi apresentado no tribunal da Covilhã uma providência cautelar, que foi julgada improcedente.

Perante esta decisão, passível de recurso, e ao que a RCB conseguiu apurar a comissão administrativa espera a marcação de uma assembleia geral para aprovação de estatutos e eleições no organismo. Um pedido que já foi esfectuado por diversas vezes ao presidente do órgão, João Martins, e que até hoje não teve resposta.



  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados