RCB/TuneIn
Domingo, 25 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
MAIS DE MIL PROCESSOS NA GAVETA
Rádio Cova da Beira
Joaquim Matias diz que foi encontrar 1153 processos na gaveta, com data de 2003 a 2013. Na primeira reunião pública como autarca a tempo inteiro, o vereador do PSD com o pelouro do urbanismo deu conta do trabalho realizado nas primeiras semanas e pediu um reforço das equipas de fiscalização, para dar andamento a mais de um milhar de processos que foi encontrar arquivados sem decisão.
Por Paula Brito em 23 de Jan de 2015

“Estão no arquivo, sem decisão, 1153 processos. Pode haver alguma desculpa porque só temos três brigadas fiscais, e para dar andamento a estes processos é necessária gente no terreno, porque eu, nos primeiros dias de despacho, injectei mais cerca de 70 processos para fiscalização através do urbanismo, o que quer dizer que temos que fazer algum reforço”.

Uma preocupação que levou ao executivo e que traz outros problemas ao município “quer dizer que temos muita gente a habitar em casas sem licença de habitabilidade, que não pagaram taxas, que não pagam IMI, tudo isto é penalizador para o município, esta realidade constatada, portanto se alguém quiser fazer alguma avaliação ao meu trabalho pode começar por aqui”.

Uma informação “altamente preocupante”, diz Vítor Pereira, “porque denota uma gestão danosa, uma falta de transparência e até um crime político. Como é que alguém se pode auto glorificar na praça pública fazendo alarde das suas capacidades gestionárias e depois tem como medalha para por ao peito 1153 processos a marinar durante tantos anos?”.

Joaquim Matias deu ainda conta ao executivo da criação de uma bolsa de projectistas e empreiteiros no site da câmara da Covilhã para dar possibilidade a todos de consultarem o que existe no mercado. Outra das decisões tomadas pelo novo responsável do urbanismo foi de não reunir com requerentes sem a presença dos projectistas e vice-versa. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados