RCB/TuneIn
Sexta, 23 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“MAIS UM ROUBO FEITO AO MUNICÍPIO”
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal da Covilhã aprovou por maioria, na última reunião privada do executivo, a transferência de um lote de terreno da posse da autarquia para a empresa municipal “Águas da Covilhã”. O espaço situa-se no parque industrial do Canhoso e agora a empresa vai cedê-lo à “Resistrela” ao abrigo do acordo de pagamento de dívidas celebrado ainda pelo anterior executivo.
Por Nuno Miguel em 17 de Jan de 2015

Uma opção durante criticada pelo eleito da CDU. Para José Pinto a autarquia está, mais uma vez, a hipotecar o seu património para pagar dívidas “quando a câmara, neste caso através da «ADC», tinha recebido através das taxas que todos nós pagamos na factura da água o valor equivalente a essas despesas e em vez de pagar a dívida com esse dinheiro utilizou-o para outros fins e agora teve necessidade desta forma de fazer o pagamento dessa dívida e aquele que nós entendemos é que é mais um roubo feito ao município para pagar uma má gestão feita pela anterior câmara”.

Na resposta o presidente da autarquia covilhanense refere que o actual executivo apenas está a cumprir um acordo celebrado pelo anterior executivo. Vítor Pereira refere que “essa situação está contratualizada; é verdade que, em bom rigor, o nosso parceiro privado nas águas acaba por indirectamente beneficiar desta cedência de um terreno que era apenas do município; de qualquer maneira a lei diz que os contratos são para cumprir e é isso que estamos a fazer”.

A estrutura agora cedida já actualmente é utilizada pela “Resistrela” que nas próximas semanas vai ficar detentora desse lote de terreno situado junto ao antigo canil municipal da Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados