RCB/TuneIn
Domingo, 25 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
USCB CONTESTA MEDIDA
Rádio Cova da Beira
A união de sindicatos de Castelo Branco começa a promover, na próxima semana, a recolha de um abaixo assinado contra a entrega da gestão do hospital do Fundão à santa casa da misericórdia.
Por Nuno Miguel em 16 de Jan de 2015
A estrutura sindical pretende envolver as populações na luta por travar o processo negocial entre o ministério da saúde e a união das misericórdias. Em declarações à RCB Luís Garra refere que o que está em cima da mesa não é apenas um processo de transferência de gestão “não há transferência de gestão sem transferência de património e não há cumprimento daquilo que são as obrigações do serviço nacional de saúde através dos privados; os privados tem o seu espaço, que nós respeitamos, mas se querem ter intervenção na área da saúde que o façam a expensas próprias e não à contra do erário público”.
O coordenador da união de sindicatos de Castelo Branco acrescenta que “o hospital do Fundão deve ficar exclusivamente na área de intervenção do centro hospitalar da Cova da Beira como agora está, melhorando serviços, aumentando as valências e as especialidades, devolvendo algumas valências que entretanto foram retiradas; está hoje provado que o acumular de urgências no hospital Pêro da Covilhã também se deve à inexistência de urgências no Fundão e é nesta base que nós vamos apelar à população para que subscreva este abaixo assinado e manifeste a sua oposição clara a esta negociata”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados