RCB/TuneIn
Quarta, 13 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
ORÇAMENTO CHUMBADO
Rádio Cova da Beira
A assembleia de freguesia de Peraboa reprovou por maioria, com cinco votos contra e quatro a favor, as propostas das grandes opções do plano para 2015 em que o orçamento iria rondar os 150 mil euros.
Por Nuno Miguel em 23 de Dec de 2014

A existência de uma rúbrica “outros” no valor de 15 mil euros, cerca de 10 por cento do valor global do orçamento, foi o motivo que levou os eleitos da lista “Acreditar Peraboa” a votar contra os documentos. José Brás refere que “continuaram a aparecer no orçamento verbas consignadas a uma rúbrica «outros»; já no último orçamento o executivo tinha sido alertado para essa situação e logo na altura avisámos de que só aprovaríamos este orçamento se ele viesse com essa situação resolvida; como isso não aconteceu nós decidimos votar contra mas eu estou convicto de que a situação vai ser corrigida na próxima reunião”.

Marco Aurélio, eleito do PSD na assembleia de freguesia de Peraboa, também votou contra os documentos por considerar que as grandes opções do plano e o orçamento estão vazios de estratégia e de projecção da freguesia “não verte qualquer obra ou projecto estruturante para a freguesia; a única coisa que aqui está vertido já transita do anterior executivo e que estava no orçamento do ano passado e que volta agora a estar presente que é a transferência de instalações da extensão de saúde; não há nenhuma solução de futuro para a freguesia neste orçamento”.

Críticas que o presidente da junta de freguesia de Peraboa rejeita. Sílvio Dias garante que a curto prazo vai ser possível encontrar uma solução para ultrapassar o impasse, tendo reunido logo no final dos trabalhos com os eleitos da lista “Acreditar”. O autarca está convicto de que a freguesia não vai ficar sem orçamento e por isso não atribui demasiada importância ao chumbo do orçamento “não vou valorizar muito a situação porque tenho a certeza absoluta que com as relações que nós temos com a lista «Acreditar», e já agora no final da assembleia tivemos oportunidade de conversar, as coisas serão pacíficas no sentido de o orçamento poder ser aprovado já na próxima semana; estamos disponíveis para procurar esmiuçar mais a parte da rúbrica «outros» mas naturalmente que há situações que não podem ser logo contempladas no orçamento”.   

O autarca vai agora solicitar a convocação de uma reunião extraordinária da assembleia de freguesia para que o assunto seja novamente abordado. Um encontro que pode ter lugar já no próximo dia 27.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados