RCB/TuneIn
Sábado, 24 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
MARCO GABRIEL TOMA POSSE
Rádio Cova da Beira
O novo presidente da junta da Boidobra assumiu formalmente funções na reunião da assembleia de freguesia que decorreu no último sábado e onde os eleitos se pronunciaram sobre o pedido de renúncia ao mandato, formalizado por João Simão no passado dia um de Dezembro.
Por Nuno Miguel em 22 de Dec de 2014

Numa missiva enviada ao presidente da assembleia de freguesia, o ex autarca afirma que “depois de 20 anos em funções na junta de freguesia, primeiro como secretário e depois como presidente chegou a hora de dar lugar aos mais novos”. João Simão afirma ainda que “nunca atraiçoou ninguém e que sempre se manteve fiel à CDU mesmo não sendo filiado naquele partido, tendo rejeitado um convite para encabeçar uma lista por outra forma partidária”. Uma decisão surpreendente, afirma o líder da bancada da coligação «Juntos Pela Boidobra»: “fiquei surpreendido até porque esta decisão é tomada cerca de dois meses depois de umas eleições intercalares; sinceramente não consigo compreender e encontrar qualquer justificação e isso é uma questão que apenas o antigo presidente poderá explicar”.

Ainda assim João Cameira não escondeu o seu descontentamento pelo facto de os eleitos da oposição terem sabido da apresentação da renúncia pelos órgãos de comunicação social “eu fiquei a saber dessa forma e isso levou-me a telefonar ao actual presidente da junta e também ao presidente da assembleia de freguesia porque não foi comunicado por eles”.

Já o novo presidente da junta de freguesia da Boidobra também se mostra surpreendido com a decisão tomada pelo seu antecessor “pessoalmente fiquei surpreendido porque o João Simão era uma mais valia nesta equipa da junta de freguesia devido à sua experiência e ao seu conhecimento dos problemas das pessoas mas temos que contar com os que estão e é com esta equipa que agora vamos desenvolver o programa que a CDU tem para a freguesia da Boidobra”.

Marco Gabriel rejeita ainda a ideia de os eleitos da oposição não terem sido informados do pedido de renúncia e considera que João Simão teve a vida muito dificultada ao longo do último ano “ele viveu um ano terrível em que lhe fizeram a vida negra; esteve em comissão administrativa, sem plano e orçamento, sem os instrumentos necessários para realizar trabalho e a opção dele foi renunciar; a informação foi passada à freguesia, foi passada aos eleitos através de um contacto que houve entre mim e o líder da bancada da oposição e por isso não podem dizer que não houve esse contacto e aquilo que hoje fizemos foi encontrar soluções dentro daquilo que está na lei e fazer caminho para o futuro”.  

Ao assumir agora a liderança da autarquia, Marco Gabriel refere que “para mim significa uma maior e acrescida responsabilidade dentro do espírito de uma equipa que está na junta de freguesia e por isso eu tenho as minhas responsabilidades e vou assumi-las mas sempre em conjunto com a Ilda Vaz e com o Paulo Santarém que passa agora também a integrar o executivo da junta.

Com a apresentação da renúncia de João Simão, o nome proposto para assumir funções como vogal da junta foi Paulo Santarém. Na assembleia de freguesia, também Fernando Melo apresentou a renúncia ao cargo pelo que Tiago Costa passa a integrar a bancada da CDU. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados