RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
PCP: "√Č PRECISO INTENSIFICAR A LUTA"
Rádio Cova da Beira
"Portugal j√° perdeu os an√©is e os dedos" em rela√ß√£o aos servi√ßos p√ļblicos, disse, no Fund√£o,Jorge Pires, membro da comiss√£o pol√≠tica nacional do PCP, no decorrer de uma mesa redonda sobre a defesa dos servi√ßos p√ļblicos e √†s fun√ß√Ķes sociais do estado.
Por Paulo Pinheiro em 18 de Dec de 2014

Foram várias as críticas às actuais políticas que vêm na privatização a solução para tudo. Por isso, refere Jorge Pires, resta muito pouco para passar para o domínio dos privados

" Falta pouca coisa na área dos transportes e depois fica em discussão aberta a privatização da água, mas nós estamos convencidos que quer nas Águas há esse objectivo, mas também na CGD pois há quem defenda que parte pode ser privatizada e certamente o capital financeiro não estará pouco atento a essa possibilidade" afirma o dirigente comunista.

O PCP terminou uma campanha nacional como lema “A força do povo por um Portugal com futuro – com uma política patriótica e de esquerda”, em que abordou seis eixos considerados nucleares da política alternativa ao actual executivo: a renegociação da dívida e o Euro; a defesa da produção nacional, a valorização efectiva dos salários e pensões, o desagravamento da carga fiscal sobre o rendimento dos trabalhadores, a defesa dos serviços públicos e funções sociais do Estado e a assumpção de uma política soberana e a afirmação do primado dos interesses nacionais.

A alteração da actual situação em Portugal depende da população

" É preciso que as pessoas tomem consciência da evolução do nosso país nos últimos anos e daquilo que pode acontecer se a actual política não for interrompida. É também necessário elevar o nível da luta, colocando-a ao nível da ofensiva que está a ser realizada, e se isto for feito poderão ser criadas as condições para que uma parte dos objectivos possam ser concretizados, mas isso depende da decisão dos portugueses", defende Jorge Pires. 

O PCP mostra-se disponível para dialogar com outros partidos de esquerda para a implementação de uma nova política em Portugal.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados