RCB/TuneIn
Segunda, 17 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
BVC: ORÇAMENTO APROVADO
Rádio Cova da Beira
A assembleia geral dos bombeiros voluntários da Covilhã aprovou por unanimidade o plano de actividades da corporação. O orçamento para o próximo ano é superior a um milhão de euros.
Por Nuno Miguel em 30 de Nov de 2014

De acordo com o presidente da direcção a grande prioridade de 2015 vai para a realização de obras de ampliação e requalificação do quartel. Um projecto que vai custar cerca de 450 mil euros e que já teve aprovação da autoridade nacional de protecção civil “essas obras são uma preocupação que temos desde 2013 mas até agora não houve possibilidade de recorrer a fundos comunitários para esse efeito; estamos a avançar agora porque o novo quadro tem dinheiro para apoiar este tipo de projectos e nesse sentido toda a parte de arquitectura já foi entregue nos serviços de urbanismo da câmara da Covilhã, a ANPC ainda que de forma verbal já nos deu a sua aprovação e por isso estão as coisas bem encaminhadas para que logo que exista oportunidade de apresentar candidaturas nós submetermos a nossa e se for possível arrancar com os trabalhos já no próximo ano”.  

Joaquim Matias acrescenta que este projecto vai permitir melhorar as condições de trabalho para os elementos do corpo activo e também um novo parque para estacionamento de viaturas “dois terços do actual pavilhão vão ficar com uma sala polivalente para formação e para a realização de reuniões mais alargadas como por exemplo as assembleias gerais; vamos ter novos espaços para a sala do bombeiro, um arquivo e uma biblioteca; na parte exterior vamos contruir um telheiro por forma a conseguir resguardar mais as nossas viaturas e no espaço entre o quartel e a casa escola vamos colocar uma placa ao nível da estrada para ai criar uma garagem onde possam ser colocadas as nossas viaturas de grande porte”.

O mandato dos actuais órgãos sociais vai terminar em Março do próximo ano mas até cessar funções Joaquim Matias quer ainda rever o protocolo referente à utilização do edifício onde funciona a secção dos bombeiros da Covilhã no Paúl “o protocolo que está assinado define que a entidade que é responsável pela conservação e manutenção de todo o edifício somos nós mesmo até em relação ao espaço que mais consome, que é o auditório, e que não nos foi entregue; a direcção já fez um novo protocolo que entregou na câmara para que essas responsabilidades possam ter tripartidas entre nós, a autarquia e a junta de freguesia do Paúl e eu acredito que esse documento pode ser ratificado nas próximas semanas”.

Questionado pela RCB quanto a uma eventual recandidatura, Joaquim Matias garante que ainda não há nenhuma decisão tomada mas deixa em aberto essa hipótese “eu já servi muito o associativismo mas os bombeiros são uma associação da qual não nos conseguimos desligar com facilidade; eu já reuni com os restantes órgãos sociais e transmiti-lhes que se a equipa que temos actualmente se mostrar interessada em continuar eu equaciono apresentar a minha recandidatura mas ainda não há nenhuma decisão final tomada a esse propósito”.

Uma assembleia geral onde Joaquim Matias deixou ainda o anúncio de que os bombeiros da Covilhã vão ser os anfitriões da gala distrital dos bombeiros no próximo ano.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados