RCB/TuneIn
Segunda, 26 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MÁRIO NOGUEIRA CRITICA MUNICIPALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO
Rádio Cova da Beira
Na apresentação do seu livro “O futuro da escola pública”, na Covilhã, Mário Nogueira, criticou a municipalização da educação acusando o governo de estar a “sacudir a água para o capote das câmaras municipais”.
Por Paula Brito em 28 de Nov de 2014
 

Segundo o secretário geral da Fenprof “aqui há claramente um processo de responsabilização, o que eles pretendem é dispensar mais gente porque eles já não conseguem mais. Nestes três anos o número de professores que eles reduziram é o triplo do número de alunos que o sistema perdeu, o resto decorre dos mega agrupamentos, da revisão curricular, dos alunos por turma, da revisão curricular, só que agora já não dá mais, como é que dá? Dá dando às câmaras”.

Mário Nogueira criticou criticou o projecto piloto de municipalização da educação que vai avançar em Janeiro em duas dezenas de câmaras municipais, durante cinco anos “as actuais câmaras só têm mais três anos de mandato, o que quer dizer que metade do próximo mandato já está comprometido, e mais ou tão grave quanto isto é que esta legislatura só tem mais um ano, o que quer dizer que também já está a comprometer a próxima legislatura”.

O livro resulta da experiência que adquiriu ao longo dos anos como secretário geral da Fenprof e “procura ser uma chamada de atenção e para reforçarmos a necessidade de nunca desistirmos da escola pública”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados