RCB/TuneIn
Sábado, 22 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FRSS PARA A REGIÃO
Rádio Cova da Beira
Foram três as instituições da região contempladas com o Fundo de Reestruturação do Sector Solidário (FRSS) criado pelo governo para “incentivar, apoiar e promover a capacidade instalada das instituições do sector”. A Fundação Anita Pina Calado, no Teixoso, com uma verba de 394 mil euros, e as misericórdias de Covilhã e Fundão, cada uma com uma verba de meio milhão de euros, o limite máximo previsto pelo fundo.
Por Paula Brito em 30 de Oct de 2014
 

A contratualização deverá ser assinada em breve e o plano de reestruturação vai ajudar, no vaso da misericórdia do Fundão, a continuar o trabalho de equilíbrio financeiro que, segundo Jorge Gaspar, tem vindo a ser feito nos últimos anos com resultados positivos “mesmo com todos os investimentos que fizemos, e que ultrapassaram os dois milhões e meio de euros, o passivo bancário neste momento não é superior ao passivo bancário que existia na altura quando tomei posse como provedor, é inferior, e não atinge os 4 milhões de euros neste momento”.

Recorde-se que há seis anos Jorge Gaspar herdou um passivo de 7 milhões de euros “5 milhões era de dívidas à banca e fornecedores e o restante tem a ver com outros elementos”.

A regularização das dívidas a fornecedores tem sido outra das preocupações do provedor que admite que nos últimos meses os prazos têm derrapado, mas é intenção da misericórdia regularizar a situação até final do ano “desde há alguns meses a esta parte houve alguma derrapagem devido a um problema com o reembolso da comparticipação para o lar das Minas da Panasqueira, mas já estamos a recuperar, e estou convicto que vamos chegar ao fim do ano com os pagamentos em dia a 30, 60 ou 90 dias, conforme o contratualizado”.

O reequilíbrio financeiro da misericórdia foi um dos principais objectivos da equipa de Jorge Gaspar quando tomou posse pela primeira vez. À RCB o provedor garante que “vai continuar a ser um dos principais objectivos do terceiro mandato”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados