RCB/TuneIn
Terça, 09 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
REFORMADOS EM PROTESTO
Rádio Cova da Beira
Associações de reformados da Covilhã e do Tortosendo estiveram concentradas ao junto às instalações da segurança social, na Covilhã. Os responsáveis das duas associações estão preocupados com o aumento do custo de vida e com algumas das políticas que o governo tem vindo a implementar e que estão a originar situações cada vez mais difíceis de superar.
Por Nuno Miguel em 24 de Oct de 2014

Ramiro Venâncio, porta voz das duas associações, sublinha que o elevado custo dos medicamentos ou os aumentos de preços na água e electricidade não se compadecem com o facto de as reformas, na grande maioria de aposentados do sector têxtil, não serem actualizadas desde 2006 “aliado a essa situação os encargos não pararem de subir e há casos que nós temos conhecimento que são dramáticos, de famílias com problemas graves a nível social e tudo isto nos levou a que as duas associações realizassem esta acção em conjunto para mostrar junto da segurança social o nosso descontentamento”.

Para além da actualização do valor das pensões, num valor mínimo de 25 euros, as associações exigem ainda à segurança social a adopção de outras medidas como a abolição das taxas moderadoras na saúde, a reposição de rendimentos retirados ou a abolição da contribuição extraordinária de solidariedade. Medidas que, de acordo com Ramiro Venâncio, ainda podem ser incluídas no orçamento de estado para o próximo ano “está agora a iniciar-se a discussão do orçamento e nós queremos sensibilizar quem de direito a ter sensibilidade e a tomar medidas no sentido de alterar este rumo que tem vindo a ser seguido e por isso esperamos que algumas das nossas propostas possam ser acolhidas e incluídas no orçamento”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados