RCB/TuneIn
Segunda, 22 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
RUDE PREPARA 2020
Rádio Cova da Beira
Mais de 50 entidades da região integram o consórcio da Cova da Beira que vai candidatar-se aos fundos do Plano de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020. Um novo instrumento de financiamento comunitário que vem substituir e Proder e que, na Cova da Beira, será gerido pela Rude. As candidaturas podem ser feitas em breve.
Por Paula Brito & Dulce Gabriel em 29 de Sep de 2014

Outras da categoria:

As medidas estão a ser finalizadas mas, segundo a gestora do programa, em Novembro haverá novidades “esta transição entre o Proder o e PDR vai ser feita de forma muito natural e tranquila”. Uma transição que permitirá continuar a analisar candidaturas ao Proder onde a reserva de eficiência para a Cova da Beira é de 730 mil euros, salienta Patrícia Coutrim “foram aprovados, na área da Rude, cerca de 120 projectos, criaram 160 postos de trabalho, num total de 7 milhões de despesa pública, uma zona com boa execução que teve acesso a uma reserva de eficiência de 730 mil euros”.

Uma dinâmica deverá continuar a marcar a próxima tranche de financiamento para a Cova da Beira, disse Carlos Pinto, na sessão dedicada ao desenvolvimento rural que decorreu no auditório da Moagem. O presidente da Rude congratulou-se ainda pela adesão de mais de 50 entidades ao consórcio Cova da Beira.

Globalmente o PDR tem uma dotação financeira de 230 milhões de euros e a aposta recai em projectos que fomentem o emprego e a inovação.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados