RCB/TuneIn
Sábado, 23 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
ELEI??ES PARA A AFCB AINDA D?O QUE FALAR
Nos ?ltimos dias, M?rio Minh?s actual presidente da associa??o de futebol de Castelo Branco e V?tor Rebord?o presidente da associa??o desportiva da esta??o, t?m-se envolvido numa troca de palavras. Contra as acusa??es de que ? alvo, M?rio Minh?s garante ter o apoio da maioria dos clubes.
Por César Duarte Ferreira em 16 de Oct de 2007
“A montanha pariu um rato”, foi desta forma que Mário Minhós actual presidente da associação de futebol de Castelo Branco, reagiu à ausência de candidatura alternativa do movimento de clubes encabeçado pelo Sporting da Covilhã, Benfica e Castelo Branco e Associação Desportiva da Estação. O presidente do organismo que rege os destinos do futebol do distrito garante que, a maioria dos clubes estão do seu lado e que está “ a estabelecer contactos com os mesmos.”Mário Minhós, garante que “foi empurrado para a presidência, para esta não cair nas mãos erradas, e que pela primeira vez gostava de ter um opositor.” Já sobre a matéria da data escolhida o presidente da AFCB é peremptório: “ isso é da responsabilidade do presidente da assembleia-geral.” Estas palavras, não caíram muito bem a Vítor Rebordão presidente da associação desportiva da estação.  O dirigente do clube covilhanense garante “que em 15 dias é impossível apresentar uma lista para os sete órgãos” e desafia Mário Minhós para “ pedir junto ao presidente da assembleia-geral da associação de futebol de Castelo Branco o adiamento das eleições para 30 de Novembro.” Vítor Rebordão acusa ainda o actual presidente de estar nervoso e que o movimento de clubes obrigou o presidente a trabalhar e a sair do alto do seu pedestal”A terminar o presidente do clube covilhanense desafiou Mário Minhós para um debate público.As eleições para a associação de futebol de Castelo Branco, estão marcadas para o dia 31 deste mês.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados