RCB/TuneIn
Segunda, 18 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
MONSANTO PROTESTA CONTRA ENCERRAMENTO DE ESCOLA
Rádio Cova da Beira
Esta segunda-feira, pais, popula√ß√£o e autarcas protestaram frente √† escola de primeiro ciclo de Monsanto contra o encerramento da escola onde a autarquia investiu no √ļltimo ano lectivo mais de 90 mil euros.
Por Paula Brito em 15 de Sep de 2014
 

Um investimento que segundo Armindo Jacinto, teve como objectivo dotar aquela aldeia histórica de um centro educativo com todas as condições para receber as 29 crianças do jardim-de-infância e primeiro ciclo que este ano iriam ali iniciar o ano lectivo, e que representam um aumento de 50% em relação ao ano anterior “é este crescimento que nós apresentamos como argumento para fazermos as obras que fizemos, mesmo no final de Junho, já preparando um ano lectivo com todas as condições”.

Armindo Jacinto lamenta que o governo tenha encerrado a escola de Monsanto, dando o dito pelo não dito “combinámos uma coisa e depois fazem outra, ficou combinado que Monsanto não fechava, então ouviram-nos para quê? porque nestes encontros nós apresentamos os nossos argumentos e no diálogo ficou claro que não fechava, e agora aparece fechada”.

A autarquia não se conforma. E depois do tribunal não ter dado provimento à providência cautelar apresentada pelo município por entender que se trata de um acto político, Armindo Jacinto está disposto a continuar a luta em tribunal “como é um acto político, o governo tem que assumir politicamente que está a fechar o país, vamos preparar uma acção que será fundamentada na dualidade de critérios e explicando que não pode haver portugueses de primeira e portugueses de terceira”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados