RCB/TuneIn
Segunda, 06 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
"PODE SER O FIM DA LINHA"
Rádio Cova da Beira
O encerramento da escola do primeiro ciclo é um dos marcos mais negativos na curta história da freguesia de Enxames, no concelho do Fundão.
Por Paulo Pinheiro em 11 de Sep de 2014

No domingo, dia em que assinalou os 25 anos de existência, nos discursos oficiais nenhum dos oradores fez referência ao facto, mas o assunto foi comentado, por exemplo, por alguns dos homenageados e residentes na aldeia.

José Afonso Paulino, ex-presidente da autarquia dos Enxames, recordou o “grande” investimento feito na escola quando presidiu à junta. Ver o estabelecimento de ensino fechado é uma das maiores mágoas que tem

 

“O meu avô, que era analfabeto, só porque construiu o poço para a escola, percebeu que o progresso estava na educação e agora ver a escola fechada é uma tristeza. Quando fui presidente da junta um dos primeiros trabalhos que fiz foi melhorar as condições da escola. Ficámos com uma das escolas mais bem equipadas do país. Agora é uma grande mágoa”, refere o ex-autarca.

 

A mesma opinião tem o presidente da direcção do Centro de Dia, uma das instituições homenageadas pela junta. António Caldeira entende que os responsáveis deviam ter ido mais longe na reivindicação da manutenção da escola dos Enxames. A decisão tomada pode representar o fim da linha da aldeia

 

“A decisão prejudica o desenvolvimento da aldeia. Estamos no fim da linha. Quem estiver no centro de dia apanha com o que resta da freguesia. Isto choca-me. É uma grande mágoa para quem trabalha há muitos anos para os Enxames. Vejo o futuro hipotecado”, sustenta aquele responsável.

 

O presidente da junta vê com preocupação o futuro mas garante que tudo foi feito para evitar o fecha da escola:

 

“Não havia outra alternativa. Ficámos com cinco alunos. As hipóteses era poucas ou nenhumas. É uma grande mágoa na passagem do vigésimo quinto aniversário da freguesia, mas não havia volta a dar", ”, refere Guilhermino Nogueira.

 

Enxames é uma freguesia com futuro garante o presidente da CMF. Paulo Fernandes não esconde a tristeza pelo encerramento da escola e promete apoiar a freguesia nas obras que ali são necessárias

 

“Também tenho essa mágoa, lutámos muito para que a escola não fechasse. As crianças estão no Alcaide, tratámos do respectivo transporte, após o entendimento com os responsáveis e famílias da freguesia. Apesar de todas as dificuldades quero afirmar que Enxames tem futuro”, afirma o autarca do Fundão.

 

O saneamento básico e a reparação de alguns caminhos são projectos que a junta espera ver cumpridos até final do mandato.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados