RCB/TuneIn
Sábado, 19 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PROVID?NCIA CAUTELAR CONTESTADA
A c?mara da Covilh? declarou o interesse p?blico do munic?pio para contestar a provid?ncia cautelar apresentada pela ?Trans Covilh?? no tribunal administrativo e fiscal de Castelo Branco referente ? escolha da nova concession?ria de transportes para aquele concelho
Por Nuno Miguel em 21 de Apr de 2009

O concurso público internacional lançado pela autarquia para uma nova concessão foi ganho pela “corporacion espanhola de transportes S.A”, mas a actual concessionária contestou os resultados do concurso.

Para o presidente da câmara municipal da Covilhã trata-se "de uma tentativa de bloquear um processo que decorreu dentro de todos os trâmites legais". Carlos Pinto sublinha que "a nova concessionária vai trazer uma melhor qualidade no serviço prestado às populações, uma vez que a actual situação não pode continuar" e acrescenta que "a empresa vai começar a sua actividade nas próximas semanas, ainda de forma condicionada, uma vez que este concurso necessita de visto favorável do tribunal de contas".

Outra das vantagens da nova concessionária, refere Carlos Pinto diz respeito "à fixação de preços para os transportes escolares e para os portadores do cartão social municipal, ou seja, não vai haver quaisquer oscilações pelo que esta situação vai permitir à câmara fazer algumas poupanças".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados