RCB/TuneIn
Domingo, 21 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
UM MARCO HISTÓRICO
Rádio Cova da Beira
É desta forma que o treinador do Sporting da Covilhã avalia o regresso do clube ao estádio Santos Pinto em jogos para o campeonato da segunda liga.
Por Nuno Miguel em 26 de Aug de 2014

Há nove anos que a formação covilhanense tem disputado os encontros em casa no complexo desportivo daquela cidade, mas o encontro de amanhã, diante do Olhanense, marca o regresso a um recinto mítico para o clube. Francisco Chaló espera que esse facto seja mais um aliciante para a conquista dos três pontos no jogo diante da formação algarvia “é também um marco histórico naquilo que é a vivência do clube pelo facto de retomarmos a nossa actividade tendo como palco o Santos Pinto porque era algo que muita gente ansiava; agora é importante capitalizar essa vontade para se tornar numa força acrescida e para isso a equipa tem de continuar a corresponder e para isso temos de ser iguais a nós próprios”.  

O treinador do Sporting da Covilhã reconhece que o Olhanense é um adversário difícil e com muitos jogadores experientes. Ainda assim Francisco Chaló afirma que a equipa não vai ter medo do adversário “a única coisa que temos de ter em relação ao adversário é respeito e nunca medo; o Olhanense sendo um recém despromovido, tem elementos muito experientes mas também temos que ter respeito pela nossa equipa e por aquilo que são as nossas capacidades; é obviamente um adversário difícil mas estamos imbuídos num espírito de conquista e é dessa forma que encaramos este jogo”.  

O encontro de amanhã tem inicio marcado para as 16:00 com relato em directo na RCB. A equipa de arbitragem será chefiada por André Moreira.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados