RCB/TuneIn
Segunda, 16 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
ATALAIA VOLTA A DESPERDI?AR
A Atalaia do Campo, jogava este domingo uma cartada decisiva na manuten??o na 3? Divis?o. A vit?ria ainda permitia aos homens de Joca sonhar com a perman?ncia, contudo, apesar de terem estado em vantagem, na 2? parte permitiram o tento do empate ao Lousanense. A manuten??o ainda ? poss?vel, mas muito, mesmo muito dif?cil.
Por Rui Fazenda em 19 de Apr de 2009

A Atalaia entrou a dominar nesta partida frente ao Lousanense, assumindo as despesas do jogo, mostrando desde o início que pretendia ficar com os três pontos em disputa. Por sua vez o Lousanense, jogava mais na expectativa e sempre que tinha o esférico procurava solicitar a velocidade dos seus dianteiros. A primeira situação de perigo até foi para os homens da Lousã, quando Sérgio Garcia, ao desviar um cruzamento de Beto, quase fazia auto-golo. A primeira grande oportunidade para a Atalaia surgiu aos 25 minutos, quando Bruno, já dentro da área de rigor, rematou forte, permitindo uma grande defesa ao guarda-redes Tiago. A Atalaia, animada com este lance,  chegou mesmo ao golo à passagem do minuto 28, através de um livre batido de forma muito violenta por Brito, o guarda redes Tiago ainda defendeu ( com a cara ) o remate do homem da Atalaia e na recarga Cláudio, solto ao 2º  poste, não teve dificuldades em inaugurar o marcador. Um golo que a Atalaia já justificava pelo domínio que tinha exercido até então. Tiago, o guarda-redes do lousanense, teve que ser substituído na sequência do livre de Brito, que foi batido com uma violência impressionante, como o guardião defendeu a bola com a cara ficou, naturalmente, mal tratado. Foi substituído por Serra.

 

Respondeu o Lousanense, aos 35 minutos, através de Carlos, que surgiu isolado na cara de Hugo Pereira, valendo à Atalaia um corte fantástico de Caio, que tirou a bola no momento em que o dianteiro do Lousanense se preparava para rematar. Entretanto, aos 40 minutos, Bruno surgiu solto na área, podia ter feito o segundo, mas não conseguiu bater o guarda redes Serra.

 

O intervalo surgia com a vantagem mínima, mas preciosa para a Atalaia.

 

Para o segundo tempo o Lousanense surgiu mais atrevido, mas poderia ter sido a Atalaia a marcar logo aos 48 minutos, quando Cláudio surgiu solto na área e só com o guarda redes Serra pela frente, permitiu mais uma excelente defesa ao guardião adversário. E nestas coisas do futebol, quem não marca... normalmente sofre… foi o que aconteceu aos 60 minutos, quando num lance aparentemente inofensivo do ataque do Lousanense, Humberto de joelhos na pequena área conseguiu encostar para o fundo da baliza, fazendo o 1-1.

 

Este resultado complicava e muito as contas da Atalaia, que tentou, nos minutos que restavam, chegar de novo à vantagem. Aos 76 minutos teve hipóteses para o fazer, mas Brito,  na transformação de um livre,  permitiu mais uma grande defesa a Serra e aos 80 minutos Bruno rodou bem na área mas rematou por cima. O final do desafio chegou com um empate a uma bola, que penaliza a ineficácia ofensiva da Atalaia, pois teve 3 situações em que os seus jogadores surgiram sozinhos na cara do guarda-redes forasteiro, mas não conseguiram fazer golo.

 

Excelente arbitragem de Filipe Lascas que veio de Santarém


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados