RCB/TuneIn
Segunda, 19 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MÃE ACREDITA QUE O FILHO É INOCENTE
Rádio Cova da Beira
A mãe do rapaz de 13 anos, suspeito de ter ateado 12 incêndios florestais o ano passado, no concelho da Covilhã, garante que o filho "está inocente".
Por Paulo Pinheiro em 24 de Aug de 2014

Em declarações ao jornal "Correio da Manhã", a mulher de 45 anos, viúva, afirma que a situação divulgada não passa de uma vingança contra a família

" Tenho a certeza que que ele está inocente. Quando descobrirem os verdadeiros criminosos, quero estar cara a cara com a PJ", refere a mãe ao jornal, assegurando que o filho estava na escola ou com familiares quendo os fogos investigados começaram.

Citado pelo JN; o comandante dos bombeiros voluntários da Covilhã, que acompanhou as investigações, afirma que o ano passado, na altura dos fogos "tínhamos a noção de que poderia ser o menor. Os fogos começaram na mesma zona e à mesma hora, percebemos que teriam tido origem criminosa e que a pessoa que os tinha ateado era inexperiente. Depois encontrámos velas", refere Fernando Lucas.

Recorde-se que em comunicado, a PJ, um menor, de apenas 13 anos, terá sido o autor de vários incêndios, no Verão do ano passado, na região, num quais morreu um bombeiro e arderam centenas de hectares de floresta.

(ver noticia na página da RCB com o título:  " INCÊNDIOS: MENOR DETIDO NA COVILHà"

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados