RCB/TuneIn
Terça, 07 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“SE VOTASSE NO DISTRITO ANTÓNIO JOSÉ SEGURO VOTARIA EM MIM”
Rádio Cova da Beira
Apesar de apoiar António Costa nas eleições primárias do Partido Socialista que se realizam a 28 de Setembro, João Paulo Catarino orgulha-se de ter com ele os apoiantes de António José Seguro no distrito.
Por Paula Brito em 21 de Aug de 2014
 

 “Uma das coias que me deixa com orgulho é o facto doas apoiantes do António José Seguro no distrito, nomeadamente o meu colega de Idanha e de Penamacor estarem comigo, apesar de saberem que eu estou a apoiar António Costa. O facto de António José Seguro numa reunião que teve com eles ter dito que se votasse em Castelo Branco votava João Paulo Catarino, obviamente deixa-me orgulhoso e responsabiliza-me, e é por isso é que eu digo que terei melhores condições para fazer as pontes, independentemente dos candidatos que vierem a vencer as eleições a nível nacional”.

Em entrevista ao programa “Flagrante Directo” da RCB o autarca de Proença a Nova explica os motivos que o levam a apoiar António Costa “trabalhei com ele quando ele era ministro da administração interna e foi uma pessoa com quem gostei muito de trabalhar, uma pessoa pragmática, que decidia e eu fiquei logo com a noção clara que ele era um líder nacional. Eu colocaria a questão no seguinte patamar: António José Seguro tem feito um trabalho extraordinário, mas nós precisamos de uma resposta de governo, um governo diferente liderado pelo Partido Socialista, e eu penso que a pessoa que está em melhores condições de protagonizar esta mudança e agregar à volta dele os descontentes com a política deste governo, é o António Costa”.

Quanto às próximas legislativas, João Paulo Catarino diz que não prometeu lugares a ninguém e não tem candidatos a deputados “mas posso adiantar-lhe que se Joaquim Morão pretender ser candidato a deputado eu defendê-lo-ei”. João Paulo Catarino, exclui-se para já dessa lista “acho que não é um cargo que me alicie nesta fase da minha vida, é minha intenção cumprir o mandato em Proença até ao fim”.

O também presidente da Comunidade Intermunicpal da Beira Baixa nega mau estar na CIM pelo facto de Joaquim Morão,  ser o mandatário da candidatura de Hortense Martins “eu respeito a opinião dele e o facto de ter optado por ser o mandatário, preferia que ele tivesse tido uma postura mais isenta neste processo, mas compreendo as razões que ele invocou, e a nossa amizade não sai  beliscada, e tenho a certeza que apesar de ser mandatário da outra candidatura, no dia a seguir às eleições, se eu vencer, estará ao meu lado naquilo que for necessário”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados