RCB/TuneIn
Quinta, 27 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PENAMACOR QUER ZONA DE CAÇA NA MALCATA
Rádio Cova da Beira
A cria√ß√£o de uma zona de ca√ßa municipal na Serra da Malcata e a necessidade de limpeza dos caminhos e aceiros da reserva natural, que dificultaram a vida aos bombeiros no inc√™ndio do passado fim de semana, s√£o os temas que o presidente da c√Ęmara de Penamacor leva para a reuni√£o, esta quinta-feira, no Instituto de Conserva√ß√£o da Natureza e das Florestas.
Por Paula Brito em 20 de Aug de 2014
 

A zona de caça municipal  irá envolver toda a área da reserva no concelho de Penamacor e tem, segundo António Beites,  duas vertentes “a primeira, o aproveitamento do potencial cinegético, e a segunda, a preservação da biodiversidade na criação do habitat, através da reintrodução do coelho bravo, para a reintrodução do lince ibérico”.

O autarca aproveita a reunião para alertar o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas para a necessidade de limpeza dos caminhos e aceiros da Reserva Natural da Serra da Malcata. Uma situação que colocou dificuldades aos bombeiros no combate ao incêndio que deflagrou no passado fim-de-semana na reserva “apesar de a reserva ter um conjunto enorme de limitações à intervenção dentro do perímetro, creio que não faz sentido estarmos a proteger uma área em que temos centenas de hectares sem um único acesso e em que os acessos de cumeada não garantem as mínimas condições de segurança para que os bombeiros possam estar presentes em caso de incêndio, em virtude de não estarem limpos, foi o que aconteceu, porque se o acesso estivesse limpo teria sido possível controlar o incêndio no cimo do monte, assim ardeu a cumeada e mais uma série de montes”.

A área ardida ainda não está calculada mas segundo o autarca as primeiras estimativas apontam para mais de 200 hectares ardidos, sobretudo mato “há uma estimativa que arderam entre 200 a 300 hectares parte dele foi mato, mas ardeu também uma plantação de pinhal”.

Preocupações que o autarca leva amanhã ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados