RCB/TuneIn
Terça, 07 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“VOU FAZER APENAS UM MANDATO”
Rádio Cova da Beira
José Valério garante que vão vai recandidatar-se à presidência da união de freguesias Teixoso/Sarzedo nas próximas eleições autárquicas.
Por Nuno Miguel em 07 de Aug de 2014

Eleito há menos de um ano para o cargo, José Valério refere que o compromisso que assumiu com as populações vai terminar em 2017 pelo que não pretende recandidatar-se ao cargo “eu vim aqui para fazer quatro anos para mostrar às pessoas como é que se trabalha numa junta de freguesia com pouco dinheiro; nunca pensei fazer mais do que quatro anos até porque a minha vida profissional não me permite isso e não tem sido fácil muitas vezes ter de deixar a minha empresa para vir à junta de freguesia resolver os problemas das pessoas e isso é um bocado complicado”.

O autarca refere que a decisão foi tomada ainda antes de assumir funções como presidente da união de freguesias e garante que não vai mudar de ideias até às próximas eleições “eu não sou político nem quero ser; apenas quero mostrar às pessoas que é assim que se deve governar uma casa pública e por isso em 2017 para mim será um ponto final e terá de vir outra pessoa a trabalhar para a junta”.

Em entrevista ao programa “Prova dos Novos” da RCB, José Valério anunciou ainda que a união de freguesias do Teixoso e do Sarzedo vai oferecer os manuais escolares a todos os alunos que vão frequentar o primeiro ano de escolaridade no próximo ano lectivo da escola da vila. O autarca refere que “são 26 crianças que vão entrar para a escola e a junta de freguesia vai oferecer os livros porque é nestas coisas que devemos dar apoio até devido à crise; para já vamos começar pelo primeiro ano e depois nos próximos anos vamos ver se temos condições de apoiar mais crianças”  

Numa avaliação aos primeiros meses de mandato, José Valério considera que já foi possível realizar várias obras na freguesia, como a construção de um bar na piscina, vários arranjos urbanísticos e ainda organizado um evento como a feira medieval que vai permanecer no calendário de actividades da união de freguesias. Há no entanto duas intervenções prioritárias que José Valério espera poder lançar durante o próximo ano “uma é a ampliação do cemitério e já foi esta junta de freguesia que pagou cerca de 30 mil euros porque o último talhão que foi feito não estava todo pago e eu quero, no próximo ano, lançar a obra do outro talhão que falta; a outra obra é a escadaria da capela da Senhora do Carmo que eu espero que avance já no fim do verão”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados