RCB/TuneIn
Quarta, 21 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
MUITA QUALIDADE
Terminou ontem a s?tima edi??o do concurso de arco J?lio Cardona. O concerto final teve lugar, na noite de ontem, no teatro-cine da Covilh? que consagrou os tr?s vencedores que actuaram com a companhia da orquestra da universidade do Minho. Foram sessenta concorrentes numa organiza??o or?ada em 60 mil euros.
Por César Duarte Ferreira em 10 de Apr de 2009
Para a organização do evento que teve em concurso sessenta concorrentes de diversas partes do mundo, o balanço não podia ser mais positivo: “depois do que ouvimos aqui, o balanço não podia ser mais positivo. Este ano voltamos a ter um conjunto de candidatos de grande qualidade.”

A excelente apresentação dos concorrentes, surpreendeu mais uma vez, ao ponto de colocar grandes dificuldades aos membros do juri para escolher. Segundo Filomena Gomes da organização, a grande dificuldade dos jurados foi o facto de terem de excluir alguém: “Tivemos este ano, três membros do júri novos, que nos confessavam que apesar de saberem que iria ser uma competição de grande categoria, não pensavam que fosse tão bom. A dificuldade, segundo eles, não era escolher era excluir alguém, num concurso que andou sempre entre o muito bom e o excelente.”

No violino classe A venceu Sayaka Kinosiro do Japão que se “mostrou muito satisfeita por vencer, neste concurso de grande dificuldade, tanto pelos concorrentes como pelas diversas sessões que vamos tendo em dias consecutivos.” Na classe B, o vencedor foi Daniel Chirilov da Moldávia no violoncelo classe A, a vencedora foi Beatriz Linãres de Espanha. A classe B deste instrumento não se realizou porque apenas existiram quatro inscrições.

A organização, depois de um curto descanso vai “já pensar na próxima edição” que se vai realizar em 2011, na Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados