RCB/TuneIn
Sexta, 10 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
"A LUTA NÃO PODE PARAR"
Rádio Cova da Beira
A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) apela ás populações e autarcas das freguesias onde há escolas que ainda correm o risco de encerrar "para que não abrandem a pressão e a luta".
Por Paulo Pinheiro em 25 de Jun de 2014

Em comunicado, aquela estrutura sindical critica o encerramento de escolas no distrito afirmando que a "luta não pode parar" enquanto o Ministério da Educação e Ciência (MEC)  persistir "em manter na lista escolas que não podem encerrar".

A USCB afirma que segundo a lista tornada pública pelo ministério  verifica no distrito de Castelo Branco "uma redução de escolas a encerrar em comparação com a lista inicial", acrescentando ser este "um resultado palpável  e visível" da acção das populações, do pessoal docente e não docente, dos sindicatos que os representam, da união de sindicatos de Castelo Branco, e também dos responsáveis autárquicos.

Os sindicatos vão analisar o processo e anunciam para breve a divulgação de iniciativas a desenvolver. 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados