RCB/TuneIn
Quinta, 09 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
TARDA A ABERTURA DOS CUIDADOS CONTINUADOS
Rádio Cova da Beira
Santa Casa da Miseric√≥rdia de Castelo Branco continua a aguardar publica√ß√£o, em Di√°rio da Rep√ļblica, da abertura da Unidade de Cuidados Continuados j√° autorizada a funcionar nas instala√ß√Ķes que tamb√©m j√° est√£o conclu√≠das desde o ano passado.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Jun de 2014

Além da demora na publicação, o provedor da instituição, Cardoso Martins, lamenta a alteração que foi feita no número e na tipologia de camas.

 

Inicialmente prevista funcionar com 51 camas, 34 de média e 17 de longa duração, a unidade de cuidados continuados de Castelo Branco terá 40 camas, 10 de média e 30 de longa duração “às vezes chego a suspeitar que também aqui, como no Benfica, é capaz de haver uma onda de malfeitores que nos perseguem, porque inicialmente foi estabelecido pela ARS do centro a tipologia e o número de camas, agora, para além de mudarem tudo ao contrário, nunca mais surge a oportunidade de abrir”.

A Região Centro dispõe actualmente de 1.850 camas de cuidados continuados e tem autorização para mais 200 até final do ano, onde se inclui a unidade da misericórdia de Castelo Branco que segundo Maria José Hespanha está para muito breve “qualquer unidade para abrir tem que ser dada uma autorização do ministério da saúde, solidariedade e finanças, está tudo autorizado, logo que saia o despacho do ministério da saúde depois é uma questão de dias até à publicação”.

A coordenadora dos cuidados continuados na ARS do Centro recorda que o distrito de Castelo Branco está próximo de atingir as metas traçadas aquando do início desta rede “Castelo Branco estava muito longe, mas abriram várias unidades, foi o distrito onde se abriram mais unidades e já está muito próximo das metas fixadas no planeamento que fizemos da rede até 2016”, explica Maria José Hespanha uma das oradoras convidadas nas I Jornadas de Cuidados Continuados da Beira Interior promovidas pela Santa Casa da Misericórdia do Fundão.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados