RCB/TuneIn
Segunda, 25 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
AUTARCA NÃO ACEITA DESCLASSIFICAÇÃO DO HOSPITAL
Rádio Cova da Beira
Vítor Pereira pediu uma reunião, com carácter de urgência ao ministro da saúde. O presidente da câmara da Covilhã está preocupado com a possibilidade de o novo decreto de classificação original uma perda de valências do centro hospitalar da Cova da Beira.
Por Nuno Miguel em 29 de May de 2014

Na última reunião pública do executivo o autarca covilhanense mostrou-se apreensivo com essa situação e com as implicações que essa situação pode ter ao nível da formação de novos médicos na faculdade de ciências da saúde da UBI “esta portaria vem desclassificar o nosso hospital e na prática considera que especialidades como obstetrícia e neonatologia deixam de existir à luz daquilo que foi publicado; o mesmo acontece na Guarda e em Castelo Branco que são hospitais que fazem parte da rede em que está inserida a faculdade de ciências da saúde e essa faculdade que é uma grande conquista para a Covilhã não pode ser diminuída nas suas valências por via dessa portaria”.

Vítor Pereira anunciou ainda que vai solicitar a convocação duma reunião extraordinária da assembleia municipal para que o órgão se possa pronunciar sobre esse tema e também sobre as reorganizações do mapa judiciário e da rede de escolas do primeiro ciclo “são três questões que a todos nos preocupam e que devem ser objecto de discussão e por isso vou solicitar a convocação dessa reunião extraordinária da assembleia municipal que se nos afigura deveras importante”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados