RCB/TuneIn
Sábado, 28 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
REQUERIMENTO ENTREGUE
Rádio Cova da Beira
Vereadores da oposição na câmara municipal da Covilhã requereram a convocação duma reunião extraordinária do órgão para a próxima segunda-feira.
Por Nuno Miguel em 24 de May de 2014

Os eleitos do MAC, da CDU e do PSD querem ser esclarecidos sobre as contratações de pessoal efectuadas desde que a actual equipa tomou posse, a situação financeira das empresas municipais e ainda as nomeações e contratos de outsourcing celebrados desde Outubro do ano passado. Questionado sobre o tema no final da última reunião pública do executivo Vítor Pereira apenas referiu que essa reunião “está requerida”. Isto porque o executivo esteve reunido, com carácter extraordinário, na última quinta-feira mas de cinco ponto requeridos pela oposição apenas um foi agendado.

O presidente da câmara da Covilhã afirma que “três dos pontos solicitados não puderam ser incluídos na ordem de trabalhos uma vez que se tratam de matérias de competência exclusiva do presidente da câmara e não do órgão; em relação a um quarto ponto, que tem a ver com o logótipo de cidade, é uma competência do órgão mas não foi apresentada qualquer fundamentação pelo que me limitei a cumprir a lei”. Desta forma a única deliberação incidiu sobre uma proposta de isenção de taxas e licenças para colectividades e instituições de utilidade pública.

Vítor Pereira acrescentou ainda que “uma vez que houve esse pedido duma reunião extraordinária ele teve que ser agendado com essas características” e foi por isso que não fez parte da reunião pública do dia seguinte. O autarca refere que “se fizesse isso estaria a violar a lei e foi por isso que não o fiz”.

Resta agora saber se o executivo covilhanense vai reunir, ou não, novamente na próxima segunda – feira.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados