RCB/TuneIn
Quarta, 13 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
MOVIMENTO REJEITA MESA DAS AUTÁRQUICAS
Rádio Cova da Beira
Para o Movimento Povo Ourondo Relvas, o facto da mesa de voto para as europeias ainda não estar constituída, revela que os eleitores do Ourondo responderam de fora positiva ao apelo lançado pelo Movimento para que nenhum eleitor participasse na formação da mesa e é ainda “revelador de que o prestigio do presidente da União de Freguesias de Casegas e Ourondo é igual a zero”.
Por Paula Brito em 18 de May de 2014

Em comunicado o MPOR diz que este processo prova “a diferença entre a legalidade e a legitimidade, ficando claro que não se pode governar um povo sem o seu reconhecimento.”

O Movimento espera ainda que o presidente da Câmara da Covilhã cumpra os pareceres da Comissão Nacional de Eleições que “nestes casos de ausência de membros indicados pelos partidos concorrentes ao acto eleitoral, deve sortear a mesa entre todos os eleitores, e não ir pelo o caminho mais fácil”.

O Movimento recorda que a mesa eleitoral das últimas autárquicas foi indicada pelos partidos concorrentes, que agora se abstiveram de indicar para esta mesa, “revelando aqui a sua postura em relação ao povo do Ourondo”, por isso para o Movimento “Esta mesa não pode ser reconduzida”.

O Movimento deixa assim um recado a Vítor Pereira “o sr. Presidente da CMC deve mostrar respeito pelo povo do Ourondo e Relvas, não pode ter uma atitude questionável para com as populações. Deve vir à freguesia, o que já devia ter acontecido dado o grau de insatisfação da população.”

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados