RCB/TuneIn
Terça, 20 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SILVARES: OS HOMENAGEADOS
Rádio Cova da Beira
Silvares vai homenagear quatro personalidades no próximo dia 21 de Junho, dia em que comemora o décimo nono aniversário de elevação a vila: a médica Márcio Mira, o ex-director da escola de Silvares Benjamim Luciano, o mais antigo dirigente associativo da vila José Alentejano e António Lopes que foi membro, durante 22 anos, da assembleia de freguesia de Silvares.
Por Paula Brito em 22 de Apr de 2014

Os nomes propostos pela junta de freguesia foram aprovados por maioria na última assembleia de freguesia. Carina Batista justifica as escolhas dos homenageados “A Dra. Márcio Mira, que exerce funções na vila há 19 anos, é muito humana, conhece os utentes todos, já estabeleceu relações afectivas com os silvarenses e penso que faz todo o sentido por todo o trabalho, toda a abertura que ela tem para a população de Silvares”.

Benjamim Luciano, que foi presidente do agrupamento terras do xisto e professor na escola de Silvares onde liderou vários projectos é outro dos homenageados “participou em projectos internacionais, alguns dos quais premiados, contribuiu muito para que Silvares fosse reconhecido lá fora, e para que fosse reconhecido pelo bom ensino e condições que a escola de Silvares tem e que se deve muito ao trabalho dele”.

António Lopes, membro da assembleia de freguesia de Silvares durante 22 anos e José Alentejano, o mais antigo dirigente associativo da vila, são outros dos homenageados “o Sr. José Alentejano é dirigente da filarmónica e um dos mais antigos dirigentes da freguesia, faz todo o sentido ser distinguido pelo trabalho que tem dado ao associativismo, assim como o Sr. António Lopes que foi membro da assembleia durante 22 anos sempre com grande dedicação à freguesia”.

A proposta da junta de freguesia contemplava ainda o nome de Jorge Brás, actual selecionador de futsal, com raízes em Silvares, mas o nome acabou por ser chumbado pela assembleia que não votou nenhum dos nomes por unanimidade. Uma situação apanhou de surpresa a presidente da junta e que vai levar a autarca a proceder a algumas alterações no próximo ano “para o ano vamos pedir à bancada do PS que proponha nomes, e depois provavelmente reuniremos antes da assembleia onde só virão os nomes que tenham sido aprovados pelas duas bancadas conjuntamente com o executivo”.

Joana Bento, líder da bancada do Partido Socialista propôs a votação secreta, que apesar da lei consagrar nunca foi utilizada em anos anteriores, e entende que no futuro a junta deve tentar o entendimento com o PS antes de apresentar nomes “deve haver união ou pelo menos uma tentativa de entendimento quanto aos nomes que vão ser propostos”, um entendimento que pode ser alcançado “ou com a criação de uma comissão, ou uma reunião prévia em que ambos proponhamos nomes para as distinções honoríficas que não devem ser feitas de ânimo leve mas pensadas de acordo com o regimento das distinções”.

Unânime foi  a atribuição do nome da professora Salete Mendes Gil, à rua que dá acesso à escola EB 2/3 de Silvares “foi uma das primeiras professoras que leccionou em Silvares, esteve muitos anos cá, todas as pessoas que foram alunas dela a recordam com muito carinho, como sendo uma boa pessoa e uma excelente profissional e portanto, faz todo o sentido dar o seu nome à rua de acesso a uma escola”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados