RCB/TuneIn
Quarta, 11 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ESTADO COMPROMETE CONTAS DA SCMF
Rádio Cova da Beira
A irmandade da Misericórdia do Fundão aprovou por unanimidade e aclamação o relatório e contas de 2013. O exercício do ano passado apresentou um resultado negativo de cerca de 28 mil euros, mas os valores em débito "são idênticos aos que estão por receber de diversas entidades", garante a mesa administrativa. (oiça a noticia)

noticia com som
Por Paulo Pinheiro & Dulce Gabriel em 30 de Mar de 2014
 

A 31 de Dezembro de 2013 o passivo era superior a 7 milhões de euros, mas o total do activo ultrapassava os 11 milhões e 700 mil euros. Não fossem os atrasos do Estado no cumprimento das suas obrigações e a tesouraria da Santa Casa estaria mais desafogada.

 

As verbas correspondentes ao financiamento do Centro Comunitário das Minas da Panasqueira, instalação de painéis fotovoltaicos, ou o financiamento POPH para a Academia de Música e Dança estão entre as parcelas de comparticipação em atraso.

Razões que levam a mesa administrativa a dizer que “2013 foi o mais difícil” desde que há cinco anos assumiram os destinos da instituição. O ano que passou ficou marcado pela redução “em cerca de 100 mil euros” nos custos com o pessoal. A diminuição em cerca de 62 mil e 500 euros na despesa com gastos é outra das marcas da gestão de 2013.

Um ano marcado pela implementação de um plano de eficiência energética que passou por várias valências da instituição.

O ano que passou traduziu-se, igualmente, na realização de várias obras de manutenção e conservação de edifícios como o Lar da Misericórdia.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados