RCB/TuneIn
Quarta, 03 Jun 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO E JAPÃO: UNIDOS PELA CEREJA
Rádio Cova da Beira
O município do Fundão recebeu o novo embaixador do Japão em Portugal, na sequência da estratégia iniciada há um ano atrás e que tem vindo a ser trabalhada em duas frentes: turística e comercial.
Por Paula Brito em 26 de Mar de 2014

"A componente mais turística pretende promover esta terra da cereja como um destino potencial para a comunidade japonesa em Portugal e até no resto da Europa, devido ao significado que tem a cereja e as cerejeiras em flor na cultura japonesa, e outra vertente mais comercial que iniciamos com o anterior embaixador e estou certo que terá também a abertura do novo embaixador, e que é avançar com os processos administrativos para habilitar a cereja do Fundão a entrar no mercado japonês". Uma ponte que o embaixador está disponível para estabelecer depois de ter visitado os pomares de cerejeiras, a empresa Sabores da Gardunha e a Cerfundão "terei oportunidade de contactar empresas japonesas e fazer a ponte com as empresas dos dois países".

Foi a primeira vez que Hiroshi Azuma se deslocou ao Fundão mas não será a última, uma vez que vai regressar em Abril com uma delegação japonesa para apreciar e celebrar as cerejeiras em flor, uma tradição nipónica que pode ser revivida nos pomares da Gardunha "não será a minha última vez, votarei em Abril com uma delegação japonesa para celebrarmos a cerejeiras em flor, esta foi apenas a primeira de outras visitas", admite o embaixador do Japão está esta quarta-feira na Covilhã para uma visita de cortesia ao Parkurbis e Universidade da Beira Interior.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados