RCB/TuneIn
sábado, 01 out 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PCP ASSINALA ANIVERSÁRIO NA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
“É preciso colocar fim às políticas de arrasamento social que o governo está a levar por diante”. A ideia deixada na Covilhã por Rui Fernandes, membro do comité central do PCP, durante um jantar que reuniu várias dezenas de militantes para assinalar o 93º aniversário do partido.
Por Nuno Miguel em 23 de Mar de 2014

O dirigente do PCP sublinha que apesar do governo insistir que existem sinais positivos na situação do país, a realidade é bem diferente “é tudo tão positivo mas quem vive do seu salário, pensão ou reforma está pior; quem precisa de cuidados de saúde está aflito e quem necessita de serviços públicos cada vez encontra menos; o desemprego até desce, dizem eles, mas não mencionam os milhares de pessoas que emigram porque não tem trabalho; só falta dizerem-nos que este ano o dia da liberdade se comemora em Maio no final do programa de assistência financeira”.

Rui Fernandes acusa ainda o PS de não contribuir para a alteração das actuais políticas e sublinha que sem a acção da CDU e do movimento sindical a situação do país estaria ainda pior “e essa luta continua porque cresce o número dos que dizem basta e se ela não está mais à frente é porque o PS continua comprometido com o grande capital e aposta numa lógica do quanto pior melhor na expectativa de que o poder lhe caia no colo”. 

O dirigente do comité central sublinha que ao comemorar o 93º aniversário há várias linhas de orientação que o PCP quer implementar “crescemos na acção e na luta, não renegamos o nosso ideal de construção duma sociedade sem exploradores nem explorados e que continuamos a ter uma acção geral de contacto que importa concretizar com determinação”.

Um encontro onde foi feito um forte apelo à mobilização dos militantes para as comemorações do 25 de Abril e do 1º de Maio e ainda das eleições europeias. Vítor Reis Silva considera que nesse acto eleitoral é fundamental reforçar a votação e o número de eleitos da CDU no parlamento europeu “temos que contactar com todos os militantes, com todos os cidadãos e apelar à sua participação nestas eleições; elas são muito importantes para o nosso país e também é importante reforçar a votação na CDU e a eleição dos nossos candidatos para o parlamento europeu onde vão ter a postura a que já nos habituaram”. 

Acções que serão complementadas com um comício que vai decorrer no Fundão, no próximo dia 11 de Abril, que vai contar com a presença de Jerónimo de Sousa, secretário geral do PCP.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados