RCB/TuneIn
Quarta, 26 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TA?A DE HONRA FOI PARA ALCAINS
Num jogo que n?o foi muito bem disputado a equipa do Alcains conseguiu o triunfo com os dois golos a terem a assinatura de Khonn?.
Por José Joaquim Ribeiro em 22 de Mar de 2009

Uma falha defensiva, inclusive do guardião João Luís, esteve na origem do primeiro golo da partida, que Khonné, muito lesto a antecipar-se ao guarda-redes, não desperdiçou. Este golo surgiu um pouco contra a corrente que o jogo estava a ter, tal a forma como o Oleiros encarou esta partida. Foi também este golo que despoletou uma grandíssima desavença entre os jogadores das duas equipas. Dialló carregou em falta Cássio e acto contínuo todos os jogadores se envolveram numa batalha que não teve outras  proporções por que nos dois grupos houve quem tivesse bom senso e evitasse males piores. O resultado desta desavença foi a expulsão de Tomas, do Oleiros e Dialló do Alcains.

 

O jogo prosseguiu sem que nada de mais tivesse acontecido, para além do golo que ajudou o Alcains a consolidar um triunfo que, depois, acabou por merecer. Numa boa jogada de envolvimento, com a bola a passar por Esquivas, a chegar a Tiago Paulo que depois a colocou à frente de Khonné que não se fez rogado e obteve o golo com um remate de primeira.

 

O Oleiros foi uma equipa que procurou jogar um futebol apoiado e transições rápidas. Esta postura deu para criar duas boas ocasiões para marcar, mas a falta de eficácia foi-lhe fatal, contudo, não merecia um resultado tão desnivelado como acabou por acontecer.

 

A festa foi em Proença-a-Nova, no Campo Senhora das Neves e no final tudo foi bonito de se ver.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados