RCB/TuneIn
quinta, 06 out 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“PERDERAM UMA BOA OPORTUNIDADE PARA ESTAR CALADOS”.
Rádio Cova da Beira
Vítor Pereira acusa a oposição de estar contra os interesses do concelho da Covilhã. A afirmação feita pelo autarca na última reunião pública do executivo depois de ser confrontado pelo eleito do PSD sobre a tomada de posição assumida no final da última reunião privada em relação às declarações do presidente da câmara do Fundão sobre a construção do IC 6 e do novo aeroporto regional.
Por Nuno Miguel em 22 de Mar de 2014

Joaquim Matias afirmou que “não foi comunicado ao órgão que iria ser redigido um comunicado para a comunicação social e muito menos foi colocado à votação qualquer documento relativo a esta matéria; todos os eleitos repudiaram as declarações do presidente da câmara do Fundão caso as mesmas não fossem retiradas do contexto em que devem ser analisadas mas eu não posso ficar em silêncio quando é dito que o comunicado foi votado por unanimidade quando nada disso aconteceu”.

Na resposta, o presidente da câmara da Covilhã referiu que “durante essa reunião eu disse que no final iria fazer declarações contundentes no sentido de reprovar aquelas posição e depois de ler o documento disse que «por unanimidade os senhores vereadores com assento na câmara municipal me acompanhavam nesta tomada de posição referente a estas infelizes declarações» e por isso eu nunca referi que houve uma votação na câmara; não posso é tolerar que um vizinho nosso, por mais simpático que seja, venha por em causa projectos e interesses da Covilhã que são aspirações de há décadas”.

Vítor Pereira acrescenta que “ficou aqui bem patente quem é pela Covilhã e quem é contra a Covilhã; os senhores perderam uma boa oportunidade para estar calados e eu lamento profundamente que os senhores por solidariedades pessoais e partidárias tenham condicionado a vossa tomada de posição”. 

Palavras que não caíram bem nos vereadores da oposição. Para Joaquim Matias parece que os eleitos não estiveram na mesma reunião “só pode ser isso; eu reprovei a cem por cento aquilo que foram as declarações do presidente da câmara do Fundão se não tiradas dum contexto e agora o senhor vem dizer que os senhores é que são os salvadores do concelho e os amigos da Covilhã ?”. O vereador do PSD interroga ainda se “a posição que foi aqui tomada pela vereadora da CDU é para defender os interesses do PSD ou é para defender interesses de amizade com o presidente da câmara do Fundão ?”

Pedro Farromba, eleito do movimento “Acreditar Covilhã” sublinha que “aquilo que o senhor presidente aqui veio dizer que nós não defendemos os interesses da Covilhã são duma tristeza impressionante porque aquilo que nos trás aqui é tentar fazer o melhor em defesa dos interesses das nossas populações e portanto eu não me reconheço nessas suas palavras, não me revejo nelas e retribuo-lhas no mesmo tom e com o mesmo teor com que o senhor as disse”.

Vítor Pereira sublinhou ainda que não se arrepende da atitude que assumiu “fiz o que devia ter feito, não me arrependo do que fiz e sempre que estejam em causa os interesses da Covilhã vou bater-me por eles até ao limite das minhas forças; então vamos trocar o IC 6 por um caminho rural por Silvares ? com o devido respeito, que é muito, mas eu não podia tomar outra atitude”:


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados