RCB/TuneIn
Domingo, 15 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
CASTELO BRANCO: APELOS NO DIA DA CIDADE
Rádio Cova da Beira
Foram vários os apelos à coesão regional deixados na sessão solene comemorativa dos 243 anos de elevação de Castelo Branco à categoria de cidade.
Por Nuno Miguel em 22 de Mar de 2014

José Pires (PS) – “O nosso futuro só o será verdadeiramente se representar o fim de todos os bairrismos bacocos; sociais, culturais, económicos e principalmente políticos. Só assim seremos mais fortes porque esses bairrismos afastaram-nos dos nossos vizinhos tão beirões e interiores como nós”.

João Salavessa (PSD) – “O envelhecimento da população, a baixa taxa de natalidade, a incapacidade para fixar jovens com formação superior são factores que dificultam a fixação de pessoas em todo o interior; Castelo Branco não é excepção e o derradeiro desafio será o de inverter esta crise demográfica que a todos preocupa”: 

Ana Maria Leitão (CDU) – “A aposta no eixo Castelo Branco/Fundão/Covilhã é fundamental, fazendo a ligação a norte com a Guarda e a sul com Portalegre e é esse caminho que devemos seguir ao contrário da visão curta que está patente nas comunidades intermunicipais; temos assistido a lógicas de competição territorial impedindo o aprofundamento de soluções abrangentes para os problemas que nos assolam a todos”

José Pedro Sousa (CDS/PP) – “Castelo Branco tem de se assumir como a capital da Beira Baixa e para isso urge adoptar uma estratégia de desenvolvimento que permita combater os conhecidos problemas de desertificação e para isso temos de criar um modelo atractivo e que permita fixar mais pessoas; alguma coisa se tem feito nesse sentido mas há ainda muito mais a fazer”.

Luís Barroso (BE) – “Temos de recordar neste aniversário um conjunto de projectos que o nosso concelho há muito aguarda: o plano de pormenor da barragem de Santa Águeda, a construção do IC 31 ou a retirada de portagens na A 23; não podemos ignorar ainda o encerramento de serviços em áreas fundamentais como a justiça, a educação ou saúde que deixam as nossas populações cada vez mais entregues a si próprias”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados