RCB/TuneIn
Segunda, 06 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“DISTRITO TEM FALTA DE INVESTIMENTO PÚBLICO”
Rádio Cova da Beira
O grupo parlamentar do PCP na assembleia da república vai apresentar no hemiciclo um conjunto de propostas que constam do plano de desenvolvimento e progresso para o distrito que foi aprovado no último congresso da união de sindicatos.
Por Nuno Miguel em 25 de Feb de 2014

Paula Santos esteve ontem de visita ao distrito, onde reuniu com a nova direcção daquela estrutura sindical, e considera que há várias ideias que devem ser retomadas por forma a suprir a ausência de investimento público na região “há investimentos que são necessários para potenciar o desenvolvimento económico da região, como é o caso do IC 6 e a conclusão das obras da linha da Beira Baixa continuam sem qualquer tipo de perspectiva; a própria união de sindicatos aprovou, no seu último congresso, um plano de desenvolvimento e progresso e pela nossa parte iremos procurar intervir na assembleia da república no sentido de dar corpo a este conjunto de necessidades que podem contribuir para o desenvolvimento do distrito”.

Nesta deslocação ao distrito a deputada do PCP reuniu ainda com responsáveis da universidade da Beira Interior e do instituto politécnico de Castelo Branco e mostrou-se muito preocupada com o desinvestimento que o governo está a fazer na rede pública de ensino superior “por exemplo no caso da UBI as transferências só chegam para suportar 70 por cento dos salários dos trabalhadores; trata-se duma situação de estrangulamento que também está a contribuir para aumentar o número de casos de abandono e por exemplo em Castelo Branco, foi-nos transmitido que esse número chegou à centena em pouco mais de um ano”.

Paula Santos reuniu ainda com a delegação da associação de bolseiros de investigação cientifica e considera que é urgente que o governo altere o actual estatuto “trata-se de pessoas que estão a trabalhar para instituições mas que vão saltando de bolsa para bolsa e de projecto para projecto; é fundamental que o governo lhes reconheça uma carreira na administração pública por dessa forma irá dar uma maior estabilidade aos investigadores e às próp+rias instituições”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados