RCB/TuneIn
Segunda, 06 Abr 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
ZONA INDUSTRIAL DESERTA E PENHORADA
Rádio Cova da Beira
Mais de metade da zona industrial de Penamacor está deserta. Apesar disso o município não tem lotes para entregar a pelo menos três dos investidores do concelho que estão interessados em se instalarem no local.
Por Paula Brito em 21 de Feb de 2014

"Neste momento a câmara municipal não tem nenhum lote disponível na zona industrial mais de metade da zona industrial não está ocupada e está onerada, entre 15 a 20 lotes que não cumprem o regulamento da zona industrial e que possivelmente não os vamos conseguir reverter para o município". Segundo António Beites, a questão não foi salvaguardada na venda dos terrenos, assim, as hipotecas ou penhoras sobrepuseram-se ao direito de reversão.

A ampliação da zona industrial é um projecto prioritário no próximo quadro comunitário de apoio "o alargamento será para duplicar a zona industrial em terrenos adquiridos pelo anterior executivo, o projecto está feito, mas é uma obra para 1,5 milhão de euros e só enquadrada no próximo quadro comunitário".  Até lá o município vai tentar minimizar o problema com a criação de sete novos lotes nos terrenos que estavam destinados à construção da ETAR "como foi feita uma central de bombagem, ficou uma área disponível, o que estamos a fazer é o projecto para a criação de mais 7 lotes nesses terrenos, dentro do perímetro da actual zona industrial".

Para Vítor Gabriel, líder da bancada da oposição, antes de avançar para o alargamento da zona industrial, a autarquia "deve esgotar todas as possibilidades antes de se apostar num investimento desses uma vez que a autarquia está numa situação financeira crítica". 

Dos 30 lotes que existem na actual zona industrial de Penamacor, mais de metade estão desocupados mas hipotecados ou penhorados.   


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados