RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
LOCALIZAÇÃO POLÉMICA
Rádio Cova da Beira
A assembleia da união de freguesias de Peso e Vales do Rio aprovou, por maioria, uma proposta no sentido de manter a sede do órgão nos dois edifícios das antigas juntas. A oposição considera que é ilegal que a união tenha duas moradas e promete levar o caso à direcção geral das autarquias locais.
Por Nuno Miguel em 19 de Jan de 2014

De acordo com Jorge Andrade, membro do projecto “Servir Peso e Vales do Rio” a proposta aprovada é ilegal “foi apresentada uma situação que a lei contraria claramente; uma coisa é os serviços a que as pessoas tem direito e outra coisa é a sede da freguesia e aquilo que nos foi proposto é que a sede fique em duas moradas o que a lei diz claramente é que a sede só temos uma morada; aquilo que vamos fazer agora, dentro das nossas competências de fiscalização, é dar conhecimento à DGAL desta situação que nós consideramos que é ilegal”.

Críticas que o presidente da união de freguesias rejeita. Rui Amaro sublinha que “a proposta que foi apresentada vai de encontro àquilo que foi a promessa que fizemos às populações durante a campanha eleitoral e estamos a cumprir aquilo que prometemos e que foi aprovado em assembleia de freguesia”. O autarca não se mostra surpreendido com o voto contra da bancada da oposição “eles estão sempre contra as nossas ideias e portanto já vejo isso com alguma normalidade”.

Quanto à comunicação que vai ser feita à direcção geral das autarquias locais, Rui Amaro sublinha que “eu não sou jurista e por isso também nós vamos comunicar esta decisão à DGAL e eles vão ter de dizer se aceitam ou não; se aceitarem muito bem, se não aceitarem iremos fazer depois uma nova assembleia de freguesia onde será novamente decidido o local da sede”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados