RCB/TuneIn
Quarta, 20 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
“NÃO VAMOS DESISTIR”
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal da Covilhã vai solicitar à entidade gestora do programa operacional de valorização do território uma prorrogação do prazo para a construção da nova barragem das Penhas da Saúde.
Por Nuno Miguel em 31 de Dec de 2013

Caso as obras não se iniciem até amanhã a autarquia perde o financiamento comunitário de 28 milhões de euros e ainda na última sexta feira surgiu um novo entrave: a agência Portuguesa do ambiente chumbou o relatório de conformidade ambiental do projecto. Questionado sobre o assunto, Vítor Pereira refere que “é mais um obstáculo mas aquilo que quero garantir é que não vamos desistir da sua construção embora se esta decisão for interpretada de forma rigorosa pode significar o fim do projecto; a barragem é um investimento fundamental para o futuro do concelho e nós vamos lutar até ao último minuto pela sua concretização”.

O autarca covilhanense está, por isso, a sensibilizar a entidade gestora do POVT para que possa ser dilatado o prazo estabelecido para o arranque dos trabalhos “uma vez que o calendário é extremamente apertado, aquilo que vamos tentar fazer é sensibilizar a entidade gestora para a importância que este projecto tem para a Covilhã e para toda a região no sentido de nos ser concedida uma prorrogação de prazo para se conseguirem ultrapassar alguns obstáculos e realizar a obra pois sem o financiamento comunitário isso não será possível”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados