RCB/TuneIn
Terça, 23 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
MOREIRENSE 0-0 SP. COVILH
Rádio Cova da Beira
O Sporting da Covilhã não conseguiu tirar partido do facto do seu adversário ter ficado reduzido a nove unidades a partir do minuto trinta de jogo e de ter ficado com mais uma unidade a partir do 5º minuto, no jogo da 23ª jornada da Liga de Honra. Em face das ocasiões criadas, por uma e outra equipa, o resultado acaba por se justificar.
Por José Joaquim Ribeiro em 28 de Dec de 2013

Liga Cabovisão - 23ª jornada

 

Árbitro: Pedro Proença 

 

Moreirense 0-0 Sp. Covilhã

 

Inicio do encontro.

 

5' expulsão de Filipe Melo, por entrada violenta sobre Gilberto. Moreirense fica reduzido a dez unidades.

 

30' Nova expulsão, desta feita foi Diogo Cunha por nova entrada violenta sobre um atleta do Sporting. Moreirense fica reduzido a nove unidades, com 60 minutos por jogar.

 

Intervalo com o resultado a zero e muita contestação, por parte do público, ao árbitro Pedro Proença pelas duas expulsões que ocorreram no jogo. 

 

Inicio da 2ª parte.

 

12' estreia de Agostinho Soares na equipa do Sporting, numa clara aposta ofensiva dos serranos, para tentarem ultrapassar a equipa que joga com nolve unidades, mas que se remeteu ao seu último reduto com todos os jogadores.

 

Terminou a partida com a divisão de pontos. Os serranos não conseguiram tirar partido do facto do Moreirense ter ficado reduzido a 10 unidades, logo aos 5 minutos e ter ficado com 9 aos 30 minutos. É verdade que o Sporting foi quem mais atacou, mas não conseguiu faze-lo com o mais apropriado discernimento. O Moreirense foi, inclusive quem teve a melhor ocasião para marcar, quando enviou uma bola o poste da baliza de Igor Araújo.

 

Dia 12 de Janeiro o Sporting recebe o Penalva, para a 24ª jornada, pelo meio fica o jogo em Setúbal, com o Vitória, para a Taça da Liga, agendado para o dia 8 de Janeiro, pelas 18 horas. 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados