RCB/TuneIn
Quarta, 24 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
UM ACTO DE CORREC??O ADMINISTRATIVA
? desta forma que o vice presidente da c?mara da Covilh? justifica a necessidade de repetir a adjudica??o da nova concess?o dos transportes p?blicos daquele concelho ? empresa espanhola ?Corporacion de Transportes S.A?.
Por Nuno Miguel em 09 de Mar de 2009

A primeira adjudicação teve lugar a 16 de Janeiro, mas na última reunião privada do executivo houve necessidade de proceder a nova votação. Em causa o facto de Vítor Marques, vereador com o pelouro dos transportes na autarquia, não poder exercer o seu direito de voto uma vez que integrou a comissão técnica de análise de propostas "e com esta nova votação pretendemos evitar qualquer incorrecção administrativa". João Esgalhado garante que "até ao momento não foi apresentada nenhuma reclamação e se todos os prazos forem cumpridos a nova concessionária, que já foi notificada sobre os resultados do concurso, pode começar a funcionar dentro de seis meses".

Já quanto à situação dos trabalhadores que estão ao serviço da actual concessionária, o autarca garante que "a nova empresa já mostou disponibilidade para os admitir ao seu serviço, mas esse é um proecsso que apenas podemos acompanhar sem qualquer intervenção directa. O acordo terá de ser feito entre a empresa e os trabalhadores. Não passa directamente por nós, embora saibamos que a empresa está dispónível para os contratar".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados