RCB/TuneIn
Sábado, 20 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
AMF APROVA ORÇAMENTO
Rádio Cova da Beira
Estão aprovadas as grandes opções do plano da câmara do Fundão para 2014. Na última assembleia municipal os documentos foram aprovados por maioria, com os valores do orçamento a atingirem os 30 milhões e 979 mil euros.
Por Nuno Miguel em 26 de Dec de 2013

Outras da categoria:

Para Rogério Hilário, da bancada do PSD “estes documentos reflectem como grande prioridade a criação de emprego e a captação de novas empresas para o concelho; estas grandes opções do plano apontam um rumo concreto para o futuro e naturalmente que vão ter o nosso voto favorável”.

Os dois eleitos da CDU abstiveram-se na votação dos documentos. Luís Lourenço admite que este plano não está tão inflaccionado como em anos anteriores mas subsistem dúvidas sobre a sua concretização em pleno “"0 plano é de facto algo diferente. Estamos habituados a propostas de orçamento algo inflacionadas e irrealistas e agora temos outra realidade, temos um orçamento enxuto. Só por isso, apetecer-me-ia dar-lhes os parabéns, mas resta saber se, deixando de estar inflacionado, este orçamento é verdadeiramente realista".

Os únicos três votos contra os documentos vieram da bancada do PS. Uma opção que João leitão justifica com a inexistência dum verdadeiro plano estratégico para o futuro do concelho “o município não tem um plano estratégico. E nós defendemos que essa elaboração deveria sair dum plano de investimento plurianual, bem como um quadro de responsabilização e avaliação"

Já o presidente da câmara do Fundão sublinha que “tendo por base os níveis de execução orçamental deste ano, em 2014 esse valor vai superar os 90 por cento uma vez que o orçamento partiu quase duma base zero e apresenta um grande equilíbrio entre receitas e despesas”. Já quanto às críticas da bancada do PS, Paulo Fernandes considera-as um absurdo “nunca como este ano foi definida uma estratégia clara tendo por base diferentes áreas de intervenção tendo por base uma área chapéu comum; acho que isso é um absurdo”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados