RCB/TuneIn
Sexta, 19 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
"NÃO SOU UM SUBORDINADO. SOU UM COOPERADOR DESTA CÂMARA"
Rádio Cova da Beira
Pedro Leitão foi o protagonista de uma declaração surpreendente na última assembleia municipal, na Covilhã. O autarca socialista, eleito presidente União de freguesias de Cantar Galo e Vila de Carvalho, foi ao palanque exercer o seu direito à indignação.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 23 de Dec de 2013

Outras da categoria:

“Porque aqui é também a casa da democracia é aqui que se deve dizer o que se pensa. Tenho o direito à indignação. Não aceito ser tratado por ninguém de forma agressiva ou ameaçadora, seja ele vereador ou presidente da República, porque eu não trato assim ninguém. Fui maltratado. E nesta indignação venho fundamentalmente responder à pergunta que me foi feita em tom grave: Quem julgas tu que és? Aqui eu respondo: Sou um homem de bem”, disse o autarca.

Sem especificar nomes ou motivos, o autarca deixou clara qual é o seu posicionamento neste mandato perante a câmara que apoia politicamente 

“Sou um defensor acérrimo do PS e desta câmara que o povo escolheu, mas fique bem claro: Não sou um subordinado, sou um cooperador com esta autarquia. Aceito conselhos, mas não aceito berros nem maus tratos. E esta minha liberdade de expressão que hoje aqui uso não pode ter consequências no futuro, como no passado criticámos”, concluiu o presidente de junta.

Pedro Leitão desejou um mandato profícuo ao município, em prol das pessoas e não das coisas. Apesar de questionado quer na assembleia quer pelos jornalistas, o autarca não quis tecer mais declarações sobre o assunto.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados