RCB/TuneIn
Quarta, 23 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
"JEROPIGA SANTA BEBIANA"
Rádio Cova da Beira
Assim consta no rótulo da garrafa que é lançada no âmbito da nona edição de "Santa Bebiana", no Paul (Covilhã). O certame decorre a partir desta sexta-feira até domingo.
Por Paulo Pinheiro em 29 de Nov de 2013

Outrora comemorada pelos pastores a Santa Bebiana na atualidade é uma referência cultural que há muito ultrapassou as fronteiras geográficas da vila e assume-se como uma iniciativa que de algum modo impulsiona a economia local, recorde-se a propósito que entre tasquinhas e artesãos a edição deste ano conta com sete dezenas de participantes.

 

Importará nesta altura, conhecer um pouco da origem da Santa Bebiana:

 Na verdade, esta festa está desde tempos remotos ligada aos festejos dos pastores e agricultores, durante o mês de Dezembro. Sabe-se que os pastores andavam com o gado nos vales do Paul e arredores, colocavam os chocalhos na cintura e juntos com os ganhões festejavam junto das pipas de vinho, esta profecia. Após a ronda por todos os pipos, faziam uma grande ceia, onde o mais atrevido pregava o sermão para os “irmãos” e rezava-se o Pai Nosso dos Bêbedos. 

 

Jantar Bebiano é outro dos atrativos
 

Entretanto esta festividade conheceu um longo interregno, até que a Casa do Povo do Paul, apostou fortemente no reatar desta tradição e de há nove anos a esta parte tem gradualmente ganho o estatuto de grande festa de Inverno com a famosa Jeropiga assumir o estrelato das noites bebianas, até porque, é anunciado que a vila do Paul nestes dias é a capital da Jeropiga, emergindo no entanto a preocupação da parte da organização/dinamização em alertar os mais jovens para os malefícios do consumo excessivo do álcool.

 Quanto ao programa que tem como palco as ruas centrais a oferta passa pelas bailias e folias, mercadores, artesãos, teatro de rua, oficinas artísticas, tocadores de gaitas de -foles e pífaros acompanhados pela percussão, entre outros instrumentos e protagonistas destacando-se a participação especial da companhia Vivart no programa da Santa Bebiana – 2013.Para além de toda esta animação a procissão chocalheira e o sermão à Santa no Largo da Praça com Pregador são outros motivos de atração, bem como, uma rica oferta gastronómica, este ano enriquecida com jantar bebiano á moda antiga no sábado 30 de Novembro. Artesanato e animação de rua são outras ofertas disponíveis, mas a procissão e o sermão são quadros ímpares. A procissão chocalheira que tem lugar no sábado30 de Novembro pelas 21 horas, começa com o estandarte quase sempre transportado por um bebiano “bem bebido”, logo seguido pelos confrades todos de archote em punho. O surreal ganha forma e emerge no cortejo que tem ainda na sua composição outros elementos a fazer soltar as gargalhadas dos populares. Uma das figuras de proa é o burro atrelado à carroça transportando um pipo de vinho com o objetivo de saciar a sede dos populares e dos “crentes” devidamente trajados com a “opa de serapilheira” e sempre atentos à “pregação” do orador que se acoita num “majestoso” palium feito também de serapilheira. Já quanto ao “sermão” é muito intenso e de grande fervor, com momentos verdadeiramente hilariantes.

A música tradicional, a cargo de muitos grupos convidados para o efeito que invade as ruas, as tasquinhas, onde a boa comida e a bebida não falta complementam esse evento que é já uma aposta ganha no calendário cultural da região qie no ano passado atraiu milhares de visitantes estimando-se  que mais de vinte mil pessoas associaram-se aos festejos bebianos.

 A direção da Casa do Povo do Paul entidade organizadora do evento com o apoio da Aderes, Câmara Municipal da Covilhã, Junta de Freguesia do Paul, Inatel, Escola EB2/3 do Paul, GNR, Bombeiros e  outras entidades  está apostada  em consolidar esta festa de Inverno como um  autentico cartaz turístico da região, sendo que este ano vai lançar a Garrafa Oficial da Jeropiga Santa Bebiana, mais um produto que dignificará o evento e  a região. 

 

Colaboração. João Cunha


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados