RCB/TuneIn
Terça, 25 Set 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
COVILHÃ PRESA "POR ARAMES E FIOS DE LÃ PODRE"
Rádio Cova da Beira
A metáfora é do presidente da Câmara municipal da Covilhã que em nota à imprensa, depois da primeira reunião privada do executivo, dá conta da distribuição de pelouros pela maioria. Vítor Pereira e Carlos Martins partilham quatro pelouros.
Por Paula Brito em 28 de Oct de 2013

Outras da categoria:

Recursos humanos, administração geral e finanças, ordenamento do território e urbanismo e fiscalização municipal são os pelouros partilhados pelo presidente e vice presidente da autarquia covilhanense.

Vítor Pereira chamou ainda a si as áreas da economia, inovação, tecnologia e empreendedorismo, turismo, gestão orçamental, questões jurídicas e contencioso, segurança e protecção civil, saúde, associativismo, desporto, feiras, comunicação e cooperação externa. 

Para além dos pelouros partilhados com Vítor Pereira, o vice presidente é ainda responsável pelo pelouro das freguesias, infra estruturas municipais, obras e projectos, aprovisionamento e controlo de compras, ambiente, património, comunicações, transportes, trânsito, mercados, cemitérios, parque automóvel e gestão informática.

 À vereadora Paula Simões foram atribuídos os pelouros da cultura, educação, juventude, acção social, desenvolvimento rural, defesa do consumidor, gestão dos museus, do parque habitacional e do gabinete técnico florestal.

Os pelouros foram distribuídos na primeira reunião privada do executivo covilhanense.

Em nota à imprensa, o presidente da câmara da Covilhã diz que o município está preso por "arames" e "fios de lã podre" deixando como exemplo o parque de máquinas da autarquia que está esgotado e paralisado "de tal forma que existe uma máquina retroescavadora que tem de ser transportada para os locais onde opera", a rede viária degradada e a maioria dos parques infantis do concelho impróprios para utilização, são outros dos exemplos citados pelo autarca. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados