RCB/TuneIn
Segunda, 16 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
“MEDIDAS SÃO URGENTES”
Rádio Cova da Beira
Portugal não tem uma verdadeira política de apoio à natalidade. A ideia deixada pela antiga ministra da saúde Ana Jorge no encerramento da sétima edição da semana do bebé organizada pelo centro hospitalar da Cova da Beira.
Por Nuno Miguel em 23 de Oct de 2013

Outras da categoria:

A antiga governante considera urgente que o actual governo reveja algumas das medidas que tem vindo a implementar pois, na sua maioria, elas não constituem um estímulo à natalidade “estou a falar de casos como as reduções e cortes nos abonos de família e também em situações como a protecção das mulheres que, nalguns casos, são as primeiras a ser despedidas quando engravidam; é necessário por isso rever algumas destas políticas e adoptar medidas que implementem em Portugal uma verdadeira política de apoio à natalidade”.

Já o presidente da comissão nacional de protecção de crianças e jovens em risco alerta para a necessidade de os organismos locais estarem cada vez mais atentos às questões da prevenção. Armando Leandro considera que “há fenómenos como a violência doméstica e os maus tratos que assumem uma grande amplitude e que, na maioria dos casos, podem ser prevenidos e por isso é fundamental o papel das comissões locais no sentido de defenderem os direitos da criança e de se assegurarem que todos os seus pressupostos estão a ser cumpridos”.

A iniciativa terminou, como habitualmente, com uma missa na igreja da Boidobra em que foi entregue uma oliveira a cada uma das 600 crianças que nasceu no último ano no centro hospitalar da Cova da Beira. A eucaristia foi presidida pelo bispo da diocese da Guarda que deixou um apelo “à mobilização dos cidadãos em prol da defesa de leis que defendam os direitos da criança”. D. Manuel da Rocha Felício enaltece ainda a realização desta semana do bebé “é uma das das iniciativas que mais apostam na valorização da vida e que, na minha opinião, deve continuar por muitos anos”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados