RCB/TuneIn
S√°bado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SITUA??O DO DISTRITO DISCUTIDA NA ASSEMBLEIA DA REP?BLICA
A Uni?o dos Sindicatos do distrito de Castelo Branco ? recebida esta quinta-feira pelas comiss?es de trabalho, seguran?a social, administra??o p?blica e economia, da Assembleia da Rep?blica.
Por Paula Brito em 26 de Feb de 2009

A reunião conjunta surge na sequência de um pedido de audiência com o objectivo de apresentar a dificil situação económica, social e laboral do distrito de Castelo Branco. Para a reunião a União dos Sindicatos leva o estudo, divulgado recentemente,  que classifica o distrito como "deprimido, envelhecido, discriminado e esquecido" e a proposta para resolver o problema "vamos insistir no lançamento de uma Operação integrada de desenvolvimento para o distrito". Outra das medidas preconizadas pelo presidente da União é um apoio específico ao sector têxtil "um sector com a importância económica e social do sector têxtil precisa de medidas específicas, à semelhança do que está a acontecer no sector automóvel", defende o presidente da União que adianta a solução "uma linha espeífica do QREN de apoio ao sector têxtil".

Para a próxima segunda-feria, 2 de Março, a União dos Sindicatos reúne com o deputado do grupo parlamentar do PCP, João Oliveira, e na terça-feira, 3 de Março, com os grupos parlamentares do PSD, CDS-PP, PEV e BE. A União continua a aguardar resposta do grupo parlamentar do Partido Socialista.

A União dos Sindicatos do distrito de Castelo Branco solicitou ainda uma audiência ao Primeiro Ministro que remeteu o encontro para o assessor para as questões laborais e sociais. Luís Garra recusa-se reunir com quem não tem poder político para decidir e critica a postura de José Sócrates "o senhor primeiro ministro não se pode esquecer que foi eleito deputado por este distrito e foi nessa qualidade que chegou a primeiro ministro. As palavas de amor ao interior não se podem ficar só por palavras". Para o presidente da União só interessam dois cenários "ou o senhor primeiro ministro reúne connosco, ou delega num membro do governo, dentro das áreas que iremos abordar, com poder de decisão política".

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados